Como se Concentrar nos Estudos em 5 Passos

Saber como se concentrar nos estudos é fundamental para qualquer pessoa ter resultados positivos.

Infelizmente, essa é uma daquelas coisas que é mais fácil falar do que fazer, não é mesmo?

Todos nós já passamos por aquela situação em que sabemos que precisamos estudar urgentemente, mas basta sentar na mesa para começarem as distrações.

A nossa cabeça fica pensando em tudo menos no material que precisamos ler. Quem nunca passou por isso?

Se você já não aguenta mais passar por situações assim, separamos 5 dicas simples que vão te mostrar como se concentrar nos estudos!

1. CONTROLE OS SONS AO SEU REDOR

Um bom ambiente de estudo não precisa ser quieto, mas equilibrado.

É por isso que muitas pessoas se concentram melhor em um café movimentado com pessoas conversando e pedindo bebidas do que em uma biblioteca silenciosa com um casal sussurrando perto de você.

Os ruídos constantes da cafeteria se tornam uma espécie de música de fundo, enquanto o casal sussurrando na biblioteca pode ser claramente ouvido no silêncio, o que tira imediatamente a sua concentração.

Em silêncio ou com música?

A música pode ajudar você a criar um ambiente com som equilibrado em qualquer lugar. Não importa se é em um café movimentado, na biblioteca ou se você quer estudar em casa.

Você pode usar a música para bloquear o ruído, mas fique ciente que em alguns momentos o silêncio pode ser melhor para você.

Use o bom senso e escolha aquilo que funcionar melhor na sua realidade!

Música de estudo

Não é segredo que a música tem propriedades que alteram o humor, e a Teoria das Inteligências Múltiplas cita a música como uma das 8 existentes.

Se você ouvir uma música rápida e agressiva enquanto dirige, você vai dirigir mais rápido. Se você ouvir música lenta e tranquila, você vai se sentir relaxado. Da mesma forma, certos tipos de música são mais apropriados para o estudo do que outros.

No entanto, não há um único gênero de música que funciona para todos, pois cada pessoa tem um gosto diferente na música. Além disso, o contexto também influencia a eficácia da música.

Por exemplo, música de alta energia funciona melhor em ambientes movimentados, enquanto música de baixa energia funciona melhor em ambientes silenciosos.

E quais são as música de estudo ruins?

São todas  que têm vocais claros, porque ouvir a fala humana automaticamente interfere com a parte de processamento de linguagem do seu cérebro, o que é importante para a maioria dos tipos de estudo.

Uma boa música de estudo usa sons sintéticos, instrumentais ou naturais para ajudar a manter o nível de energia, sem incluir a distração da voz de uma pessoa.

Aqui está uma lista de estilos de música recomendados para estudar. Faça uma pesquisa no YouTube para cada gênero.

  • Música Ambiente
  • Hip-hop instrumental
  • Música para Relaxar
  • Música clássica
  • Ambiente barulhento

Estude com Playlists

Eu recomendo que você faça listas de música de estudo (ou assine a playlists / canais semelhantes em aplicações de streaming de música). Isto permitirá que você mude para o modo de estudo imediatamente sem ter que procurar a música apropriada. Comece com pelo menos 3 playlists de estudo separadas.

  • Música de estudo lenta, sem letras (para leitura e memorização)
  • Música de estudo rápida, sem letras (para escrever e criar)
  • Música de estudo rápida, com letra (para o trabalho físico)

Ao fazer um trabalho físico (por exemplo, praticar esportes ou desenhar), a música com letra funciona bem, porque você não está usando a parte de processamento de linguagem do seu cérebro. No entanto, para tarefas que exigem processamento de linguagem, como ler ou assistir a uma vídeo aula, você deve evitar música com letras.

Fones de ouvido com bloqueio de ruído

Os fones com bloqueio de ruído são uma ótima maneira de bloquear o ruído externo e ouvir apenas a sua música. Eles são mais caros do que fones de ouvido comuns, mas um bom par pode durar anos de uso.

Alternativamente, se você preferir o silêncio ou opções mais baratas, procure usar abafadores ou tampões para os ouvidos.

2. ALTERE SEU CAMPO VISUAL

Semelhante aos seus ouvidos, o ambiente ideal para seus olhos é o equilibrado. Pare um segundo para analisar seu ambiente ideal do estudo. É um ambiente todo fechado? Você poderia incluir uma visão panorâmica com vista para a cidade, praia ou paisagem?

O local perfeito para estudar

Existem muitas características comuns que determinam um bom local de estudo:

  • Distância e Separação – As coisas que estão no seu campo visual devem estar distantes, como as nuvens, o oceano, as montanhas ou o tráfego pedestre de longe. A variedade dessas visões deve ser apenas o suficiente para mantê-lo estimulado, mas não o suficiente para atrair sua atenção.
  • Abertura – A sensação de espaço pode aliviar a ansiedade e o estresse associado com áreas pequenas ou apertadas.
  • Iluminação natural – Luz solar e iluminação tipo luz do dia tem um efeito positivo sobre o humor positivo e ajudam a manter a energia em um nível alto.

Exemplos comuns de locais de estudo que atendem a este critério são assentos em um café ou biblioteca com vista para a cidade ou para uma paisagem natural.

Simule uma Paisagem

Nem sempre você não terá acesso a uma área de estudo com uma visão panorâmica, mas há maneiras de simular.

  • Use um Visualizer – Uma maneira de imitar a complexidade e efeitos calmantes da vista panorâmica ao ar livre é usar um visualizer. Considere executar um visualizador na tela do computador ou na TV. Olha um exemplo de visualizer nesse vídeo (que você pode deixar rodando sem som):
  • Mantenha um espaço de trabalho minimalista – Mantendo sua área de trabalho limpa e removendo todos os itens desnecessários da vista, seu espaço de trabalho se misturará à paisagem serena. Um espaço de trabalho desordenado reduzirá os efeitos de uma visão aberta e natural.
  • Vídeo Mudo – Semelhante a um Visualizer, você pode reproduzir um vídeo em sua TV ou tela de computador, mas silenciar o som.

 

3. ACALME SEU ESTÔMAGO

Fome e sede são fatores muitas vezes ignorados mas que podem ter um impacto significativo sobre a sua capacidade de foco e concentração.

Fique hidratado

Tenha sempre ter um copo de água, chá ou uma bebida sem açúcar a seu alcance e beba regularmente. Fique longe de refrigerantes, sucos de frutas e outras bebidas açucaradas.

Petiscos saudáveis

  • Frutas – Eles são grandes impulsionadores de energia. Por causa de seu alto teor de fibra, você não precisa se preocupar com o açúcar que elas têm. Apenas não abuse da quantidade. Uma ou duas por dia é o suficiente.
  • Chocolate amargo – Se você tem que comer algo açucarado, fazer chocolate amargo (70% de cacau ou mais). Chocolate amargo é uma ótima fonte de energia e um impulsionador de humor.
  • Chiclete– Chiclete são uma maneira de ficar acordado e alerta.
  • Oleoginosas – Castanha do Pará, amêndoas, nozes, castanha de caju, etc são particularmente bons em fazer você se sentir saciado, porque eles estão cheios de gorduras, fibras e proteínas.

Alimentos a evitar

Açúcar e carboidratos alimentos pesados ​​têm um efeito negativo sobre a sua produtividade por várias razões.

Não só o excesso de açúcar leva a um acidente de açúcar pouco depois do consumo, mas eles têm propriedades ligeiramente viciantes que fazem com que você anseie mais açúcar:

  • High Sugar / Carb Snacks – Doces, batatas fritas, macarrão instantâneo, pão branco, etc.
  • Bebidas doces – Evite energéticos, refrigerantes e até mesmo sucos de fruta. Essas bebidas têm uma quantidade enorme de açúcar nelas.
  • Café com açúcar – Café preto é bom, mas use pouco açúcar.
  • Qualquer coisa em excesso – estar muito cheio leva à letargia, que sabota sua energia e capacidade de se concentrar.

O melhor estado para estudar é estar ligeiramente com fome. Isto é porque a fome ligeira conduz ao estado de alerta aumentado.

4. FAÇA PAUSAS ESTRATÉGICAS

Além de causar dor nas costas e pescoço, permanecer sentado por longos períodos de tempo contribui para o ganho de peso e uma vida útil encurtada.

Como se concentrar nos estudos é uma questão tanto física quanto mental, veja sugestões para te ajudar nos 2 pontos:

Intervalos de 5 minutos

Levante-se e deixe sua mesa (para caminhar, se alongar, etc) a cada 20 a 30 minutos. Essas breves pausas servem a um duplo propósito: além dos benefícios para os músculos e articulações, você também permite que sua mente relaxar e redefinir, alternando entre os modos focado e difuso.

É a mesma coisa que acontece com você em aulas com uma hora ou mais. Depois de mais ou menos 30 minutos, você já não tem o mesmo poder de concentração na aula, e começa a perder energia mental.

Estude em pé ou caminhando

Uma abordagem mais atual é evitar permanecer muito tempo sentado. Ficar em pé melhora o fluxo sanguíneo, e por isso contribui para maior agilidade do corpo e das funções cerebrais.

Considere uma compra de uma Standing Desk, ou simplesmente tenha por hábito ouvir uma áudio ou vídeo-aula enquanto caminha, ou mesmo leia enquanto estiver em pé encostado em uma parede.

5. REMOVA DISTRAÇÕES NEGATIVAS

Notificações instantâneas e sempre na internet estão entre as piores coisas que acontecem ao estudo. Um simples Facebook ou mensagem de notificação pode levar a 10 minutos conversando e atualizações.

É difícil quantificar quanto tempo é desperdiçado nessas “pequenas” distrações, mas cumulativamente, você poderia estar gastando mais tempo se distraindo do que realmente fazendo o trabalho.

  • Desligar do mundo social – Ligue o telemóvel em silêncio e desative as notificações no seu computador. O mundo não vai acabar se você não estiver conectado por 30 minutos.
  • Bloco Distrair Websites – Se você precisar usar a internet, há maneiras de bloquear temporariamente sites que distraem, como Facebook, Reddit e YouTube.
  • Remover distrações da vista – as únicas coisas que devem estar na frente de você são as coisas que são absolutamente necessárias para seu trabalho. Isso significa que qualquer eletrônica, livros, estacionário, sacos, etc que você não precisa para a tarefa em mãos deve ser colocada longe e fora da vista.

Algumas dessas sugestões podem parecer drásticas, mas são absolutamente necessárias. Um ambiente de trabalho limpo, mínimo e sem distrações aumentará consideravelmente a sua produtividade.

CONCLUSÃO SOBRE COMO SE CONCENTRAR NOS ESTUDOS

Viu só como se concentrar nos estudos pode ser possível?

Siga estas dicas, se esforce, e o resultado virá!

Bons estudos.

Fonte: http://hackmystudy.com/how-to-focus-and-concentrate-while-studying/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *